quinta-feira, julho 30, 2009

Investimentos

Existe um curso que tem como base de estudo o mercado financeiro. As procuras e ofertas de produtos e conseqüente valorização/desvalorização dos mesmos. Esse curso é Economia e provavelmente quem é graduado nele fica habilitado a lidar com a bolsa de valores, ações, entre outras coisas... Com certeza, devem existir muito mais coisas relacionadas à profissão, mas que meu conhecimento leigo possivelmente não abarcará. Provavelmente os economistas devem aprender a resposta para uma pergunta: quando vale a pena investir? Bem, provavelmente não deva existir uma fórmula pronta para isso, e existem muitas coisas relacionadas.

E nos relacionamentos amorosos, quando vale a pena investir? Quando a outra pessoa é bonita? É inteligente? Tem posses (leia-se dinheiro)? Tudo é uma questão de avaliar os custos/benefícios. Cada um tem um motivo e um critério para fazer um investimento, seja o desejo de diversão só por uma noite, seja a aposta de engrenar algo duradouro. Não é a toa que quando alguém termina um namoro que se diz: voltou ao mercado. Às vezes, volta-se a ele bem cotado. Às vezes, desvalorizados. É a lei da oferta e da procura, o material que está disponível não é o que o mercado está querendo comprar. Felizmente o mercado é totalmente mutável, e infelizmente ele é instável também. Tudo muda, e às vezes de uma hora para a outra, de um segundo para outro, vide as bolsas de valores, todo mundo enlouquecendo com o telefone na mão.

Tudo é uma questão de avaliar os riscos, prós e contras, e apostar as fichas. Mesmo que tu prevejas os riscos e tenha alguns conhecimentos sobre seus investimentos, é na prática que tu ficarás sabendo se eles vingarão. Na melhor das hipóteses, um investimento dá lucros. Na melhor das hipóteses, tu consegues um beijo, um número de telefone, um encontro, uma noite de sexo...

Mas o mercado passa por crises. Em 1929, a bolsa de New York caiu, gerando a chamada Grande Depressão. Vários suicídios foram cometidos. Quando um relacionamento não dá certo, não se deve chegar ao extremo de cometer esse ato, embora às vezes se entre numa grande depressão. Ver que uma pessoa não vale a pena, desgaste da relação, traição: crises que às vezes acabam nos deixando sem nada. Algumas lembranças e um sentimento de raiva por conta de não ter investido no que realmente valeria a pena. Por isso, a solução é não investir tudo de uma vez e guardar uns trocos. Fazendo isso, quando tudo tiver acabado, tu ainda tens para investir. Além de estar mais experiente, o que, sem sombra de dúvida, já é um lucro.

Nenhum comentário: